quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

BICUDO



Essa é uma imagem que me fez recordar. 

Foi lá no meio daquele povoado denominado"Bicudo"" que passava minhas férias na infância. Era do fogão à lenha que saía a água quente para o banho alimentada por uma serpentina e também era de lá que saía os aromas da comida bem feita. A água que descia diretamente da cachoeira enchia a piscina e nossa felicidade...uma farra só! 

Chego na cozinha da Casinha e procuro pelos sabores nunca esquecidos: o pão de canela da Tia Maria, o leite fresquinho esperado na porteira e o biscoito de polvilho da Tia Ondina. Ainda procuro pelas caixas de balas, chocolates e gulosimas que meu pai levava e ficava escondido no telhado da meninada. E sinto ainda o sabor da geléia de pétalas de rosa. Um sonho quase inacreditável de uma infância feliz.
Ainda procuro pela neblina das manhãs de inverno que prolongava a permanência na cama e ainda procuro pelo vagalume que clareava as noites e pelo lampião na hora de dormir. Nessa hora, ouvia-se apenas o som da noite. Procuro o cheiro de mato, cheiro do pasto.

Continuo passando as férias, os feriados e o finais de semana no Bicudo. Agora é na Casa Grande. A tia Maria e a Tia Ondina continuam preparando o que há de mais gostoso no fogão à lenha e eu também entrei para esse time e faço parte dessa história que tem muito mais para contar. Também quero registrar uma comida bem feita!

Esse balanço é de lá... e essa imagem me fez sonhar, voar e acreditar!

25 comentários:

Rosiane Teixeira disse...

Essa tua imagem me relembrou muitas coisa boas.
Zi, minhas seguidoras ficam bem no finalzinho da página. Confere lá fofinha.
bjk

Ana Amélia disse...

Oi , fiz um passeio no seu blog e, gostei bastante... menina , a sua cozinha é maravilhosa, deu até vontade de sentar e tomar um cafezinho.rs.Bjos.

olga oliveira disse...

Por causa do encontro das blogueiras, acabei achando seu blog, e claro que fucei, achei lindo,e este seu post me levou até minha cidade natal, me bateu uma baita saudades, dos meus avós, das minhas tias queridas, Tia Lia, Bilina e Bertina. Obrigada

Regina disse...

Zi, que lugar mais lindo e gostoso. Que texto lindo, e que bom ter memórias assim tão boas.
Uma perguntinha, onde é que fica Bicudo?

Maria Luiza disse...

Oi Zi!
Que legal chegar aqui e vc estar falando de fogão a lenha e coisas do interior!
Estamos fazendo uma casinha de campo! Depois vai lá dar uma olhadinha!

Mas eu vim aqui foi mesmo, pq fiquei muito feliz com sua participação no encontro café.com.blog!
Estamos esperando vc!!!!

Eu quero uma casa no campo!
http://emconstrucaoml.blogspot.com/

Elaine Regina disse...

Oi,Zi
Vou participar do encontro,no sábado,porisso vim te conhecer.
Eu também amo coisas simples,fogão à lenha,comidinha caseira bem feita.
Amei sua cozinha,principalmente as panelas vermelhas. Tudo de bom.
Beijos.
Elaine Regina

Carol disse...

Eu também tive isso na minha infância, com a diferença que pra nadar tinha que ir para o córrego. Ô tempo bom aquele que não volta mais, vovó que fazia tudo para agradar aos netos já se foi e ficou a saudade e as boas lembranças.
Aproveite muito esses momentos mágicos nesse lugar tão lindo.
Beijos

Zi disse...

Obrigada meninas pelas mensagens carinhosas! um beijo

Aniele Pádua disse...

Oi Zi!
Obrigada pela visita no meu blog!
Sua casa é um charme!
Volte sempre!
Bjos,
Ani.

http://aninteriores.blogspot.com

Albuq disse...

Que lembrança boa, me levou aos meus tempos de criança. bjs

Eliane Mello disse...

Essa imagem com certeza faz a gente viajar. Bjs Eliane

Fran disse...

Ai que delícia de imagem, me fez recordar momentos bons tb.
Beijos

Lia disse...

Nada como uma infância feliz pra construir uma mulher bem resolvida!

Margarida disse...

Sejam oceanos, sejam montanhas o que separa os seres humanos, a alma é a mesma e nela repousam as recordações e os sonhos. Também tenho as minhas, que me levam até ao meu baloiço, onde andei sozinha noites e noites sem fim, a cantar, a olhar as estrelas, a ouvir a coruja lá ao longe, a maravilhar com os pirilampos e a sonhar. Tão bom... Beijos e mais beijos.

jeito simples disse...

Oi Zi,
As recordações da infância são as que moram no que há de mais fundo em nossa alma. As suas são muito ricas e como preciosidades estão bem guardadas em seu coração, lugar do corpo que é cofre, mas também quintal. E você com sua generosidade mostra pra nós seu tesouro. Certamente o "quintal" da Zi é bem amplo e fértil e tem até balanço pra gente "voar".
Obrigada por compartilhar essa beleza.
Bjo

Zi disse...

Meninas, vcs me emocionaram... beijos Zí

Eva disse...

Zi querida, obrigada pela visitinha, vim correndo ver o que tinha aqui, que texto lindo, que coração grande cheio de lembranças boas, amei imagem tb. beijos e um bom findi, teu blog é só coração.

Elisangela Ursulino disse...

Oi Zi que post lindo, amei o que vc escreveu.
É muito bom lembrar da nossa infâcia com muito carinho.
A imagem é linda.
bjs e um ótimo domingo pra vc
http://ursulinodecor.blogspot.com/

João disse...

Oi Zi...que bom que tu gostou do meu blog pq eu virei fã do teu...mil bjs!!!

olga oliveira disse...

Oi Zi! Obrigada pelo carinho, uma semana cheia de luz para você e família, e por favor me visite mais. Bjs

Fer disse...

Viver é recordar. Por isso é sempre bom trazer um pouquinho da nossa infância para casa. Bjus

RMaria disse...

Zi,
Tudo bem?

Vim dizer que tem SELINHO, pra você, no meu Blog

Abçs
Rosa

simone disse...

Oi amiga, que bom recordarmos desses momentos de tanta felicidade... Vc me fez lembrar dos momentos mais deliciosos da minha vida!!!Obrigada por escrever com tanto carinho desse lugar que pra mim é muito especial.... bjos Simone

Zi disse...

Ei querida! que bom que vc veio! eu só tenho que agradecer por vc e sua família me permitir viver tanta coisa boa na minha vida! um beijo Zí

Sandra =^.^= disse...

Nossa, agora viajei de volta a minha infância c/ esse relato!
Também tomei banho de água quentinha que passava pela serpentina.
As vezes parece que sinto o cheiro da comida feita no fogão a lenha, aquele cheirinho gostoso de comida misturada c/ cheiro de lenha queimada.
Bons tempos aqueles.
Oooo saudade!

Adorei o seu blog, amei tudo que vi e li por aqui e já estou seguindo.
Grande abraço.