sábado, 7 de maio de 2011

AMOR DE MÃE

Ainda não sei o que é, ainda não sei como sentir...
Só sei que é amor e ponto final.
Amor de mãe é diferente?

O amor da minha mãe é com as palavras e com o feitio das roupas bonitas,
o amor de mãe da minha irmã é com o zelo pela casa, pela família, na maneira de preparar a comida gostosa, que dá gosto em comer!
o amor de mãe da minha avó materna, é com os pontos de crochê, com o olhar sabido daqueles olhos que as marcas do tempo o escondem e com o  pé- de -moleque pra comer com colher!
o amor de mãe da minha avó paterna era com o cheiro da comida no fogão à lenha.

O meu amor de mãe será com algo que ainda não sei dizer, não sei ainda como fazer, não sei como sentir. Estou aguardando por mais essa surpresinda boa na minha vida!

30 comentários:

Pipa disse...

Eu também não sei e na verdade ainda não decidi se vou querer saber, acredita?
De toda forma, é um amor que emociona e é encantador.
Xero!

ruma disse...

Lovely your works..

Greetings.
From Saga, Japan.
ruma

Carol disse...

Zi, aos 17 anos de idade, quase 18, fui mãe da Mariane. Ainda não tinha vivido o que sonhava e muitos daqueles sonhos de adolescente não foram concretizados, mas a chegada de minha filha foi e continua sendo a melhor coisa de minha vida.
Pela Mariane voltei a estudar, me formo no final desse ano, por ela, mesmo cansada e até com dor de cabeça, arrumo seu cabelo e suas unhas pra ela sair para passear ou ir para escola. Por ela eu rio, eu choro, e sei que não há amor maior no mundo que eu poderia sentir por uma pessoa que não fosse pela minha filhinha.
Já se passaram 13 anos desde a sua chegada, estou com 31 anos e, vendo muitos amigos da época de escola sendo pais agora, acho graça, fui mãe bem jovem, mas não menos feliz.
No dia das Mães eu queria mesmo era presentear minha filha, com certeza vou abraçá-la, beijá-la e dizer que a amo como faço todos os dias. Se tornou um hábito gostoso e mais que sincero essas nossas demonstrações de amor e carinho e pra sempre vou agradecer a Deus por ter me dado essa oportunidade, a de ser mãe de minha querida Mariane.
Quando você for mãe, vai entender exatamente tudo que eu te digo agora e talvez até se lembre de mim. Pode ter certeza que vou torcer para que essa benção se realize em sua vida bem do jeito que você sonha.
Beijos

Elisangela disse...

Oi Zi querida!
Espero como vc esse amor de mãe.

bjs
http://ursulinodecor.blogspot.com

Margarida disse...

Olá minha linda. Cresci sem querer ser mãe. Não tive uma infância feliz e achei que, ou todas as crianças eram infelizes, ou eu nunca teria capacidade para fazer uma criança feliz. Se o meu filho não tivesse nascido, com certeza continuaria a ser uma boa pessoa, com amor pelos outros, com objectivos e a querer crescer interiormente. Mas se ele não tivesse nascido, tenho a certeza de que seria muito mais pobre. Ele veio dar uma outra dimensão à minha vida! É mesmo um amor que só experimentando. Se o amor de mãe (e de pai também) é assim, como não será o amor de Deus?! Se tivesse sabido disso antes, teria começado mais cedo e teria tido mais filhos. É tão bom. Família é tão bom. Ter oportunidade de amar e ensinar o amor é tão bom. Desejo-te o melhor do mundo. Feliz dia da mãe que virás a ser.

Eva disse...

Oi Zi, lindo seu post, vc valoriza esses exemplos, já assimilou na tua vida o que é ser mãe e quando for que vai repeti-los mesmo sem saber porque foi o video da tua vida, o que mais ensina a nós é o que vivemos, beijos amada, um feliz domingo para vc.

Néia Lambert disse...

Que carinhoso e poético seu post, adorei!

Beijos

Essa sou eu disse...

Zi,
lindas as suas palavras...
Beijo:)
Janice

Simone disse...

Amo a culinária e o artesanato mineiros. É tudo de bom.
Tudo de bom também é ser mãe.
A gente entende muito melhor a cabecinha da nossa mãe depois que se torna mãe.

Beijão,
Simone

jeito simples disse...

Sabe aquela pessoa com quem vc mais gosta de estar neste mundo?
pra mim se resume nisto. O melhor momento, mesmo que breve.
Que seu domingo seja de muita alegria junto a sua Mãe, e quando abraçá-la, lembre-se de que neste momento ela estará experimentando mais uma vez o melhor sentimento que se pode ter.
Bjos

Zi disse...

Obrigada pelos recadinhos e desejo a vcs mamães um dia muito especial! bjs Zí

Rosana Remor disse...

Oi Zi,lindas suas palavras!Passei pra agradecer a sua visita e já virei seguidora!!Passarei sempre por aqui!Bjs!1

Ivani disse...

Oi Zi, vim retribuir a sua visita.
Adorei tudo que vi, as fotos dos cantinhos da sua Casinha, muitas plantas...eu amo plantas!
As suas palavras neste post,uma bonita definição de cada pessoa querida.
Já estou te seguindo...vou voltar muitas vezes! rs
beijos
Ivani

Zuleide Felisberto disse...

Oie Zi!
tb não sou mãe , sou kse mãe pq a vida inteira meio que fui segunda mãe dos 2 filhos da minha irmã, e como dinda acho que cumpro papel direitinho e agora fazem 4 anos que els moram comigo, então acho que sou meia dinda, meio mãe!
Mas é isso mesmo, acho que a gente mostra muito o amor, pelas coisas que faz à eles! eu pelo menos sou assim, minha mãe é assim!
é um bolo que eles gostam uma comidinha...bjus!

Eliane Duwe disse...

Oioioi ZI td bem.. que lindo o post... que bom que gostou do meu blog...o seu eu adorei... estou por aqui bj bj Li

Karina Batista disse...

Oi querida, obrigada pela visita. O amor de mãe é algo que a gente não consegue imaginar. Beijos

Regina disse...

Muito lindo seu texto Zi.
Desejo a você uma semana muito especial minha amiga.
beijos

Rô Faleiro disse...

Zi, querida! fiquei até emocionada com teu post! tbm ainda nao sei ao certo oq é ser mãe, mas é oq mais desejo no momento. Se Deus quiser vou ter + essa benção, e vc tbm concerteza...
Um ótima semana e um grande beijo.

Any Brasil disse...

eu adorei o post, lindo demais.
trendluxo.blogspot.com

Deusa disse...

Oi Zi..

Amor de mãe doi,olha mais doiiiiii,e o amor mais incrivel,diferente,absoluto,maravilhoso,pertubador,assustador,medroso,corajoso....é algo incompreensivel,você olha aquela criaturinha e desmancha,nunca vi ou senti algo tão exclusivo,tão delicioso....você vai ver,vai se lembrar desta frase *ser mãe doi*,uma dorzinha gostosa dentro do peito que parece que não se cabe mais de tanto amor.
Deusa
vasinhos coloridos

Taia Assunção disse...

Quando chegar o momento você saberá exatamente o que fazer, acredite. Beijocas e obrigada peloa visita.

Denise Padoan disse...

Oi, Zi!
Também espero pelo meu momento de poder sentir esse amor! =)

Aproveito para dizer que tem um selinho lá no blog pra vc, se quiser, é claro!
Beijos!

Teto Doce disse...

Oi Zi, adorei sua visita no "Teto".
Volte sempre.

Seu blog é lindinho!!!!! Feito com uito amor e muita inspiração.

AH!!!! como eu queria ser arquiteta..... mas sou formada em direito, adoro planejar, inventar e transformar(nada a ver com direito, não conta para ninguem não)hahahahaha

Beijo, ótima semana.

♥Ana Paula♥ disse...

Oi linda, obrigada pelo comentário.

Beijinhos e boa semana

doces abobrinhas disse...

passei para retribuir a visita e deixar um bj doce !
roberta
www.docesabobrinhas.com

Luísa disse...

Olá Zi!
Eu sou mãe há 2 anos, sinto este amor crescer todos os dias, parece impossível poder crescer mais, mas o que é certo é que cresce e é cada dia mais forte. Sinto-o mas não te sei explicar, acho que é inexplicável, por mais palavras que procuremos serão sempre poucas e apenas chegam lá perto. É um amor incondicional, é ter o coração a bater fora do peito :)
Beijinhos e desejo que tenhas uma surpresa logo logo ;)

Heidi Hass disse...

Obrigado pela visita... o texto é lindo!!!!!! estarei sempre por ak.... bjos

http://chocolatecommoda.blogspot.com

Mayana Bonilha disse...

o amor de mãe é simplesmente a coisa mais gostosa desse mundo...Mãe é a coisa mais gostosa e especial desse mundo...

beijinhus, Mayana

baonilha.blogspot.com

Marinha disse...

Teu texto é poesia, querida! Gostoso de ler tudo isso!
Bjo

Mariana Ferretto disse...

Zi, vim retribuir a visitinha no meu blog, obrigada por passar por lá...

O texto e lindo... estarei sempre por aqui.... Bjs