domingo, 11 de dezembro de 2011

DE OUTRAS ROUPAS

Tirei do cabide roupas que há muito tempo não usava. Dependuradas, algumas novas e outras já desgastadas com o tempo, pediram para vestir outras pessoas. Tirei algumas ainda com etiqueta, que nunca foram ao menos experimentadas e já estavam em desuso. Não que eu seja consumista, nunca fui. A verdade é que a maioria de nós, usa apenas vinte por cento do armário. Sempre variações com as mesmas roupas. E sempre afirmamos que não temos nada para vestir! O universo ( e o closet !) feminino é assim.

Entendi através dos versos do Filtro Solar que a moda são como os amigos: sempre vem e vão, mas nunca, jamais, devemos abrir mão dos poucos e bons. Guardei por pelo menos uns dez anos uma saia longa, que não queria abrir mão e olha só que bom: hoje dita um dos looks favoritos da moda. O melhor de tudo é que ela abotoa na minha cintura! Manter a medida da cintura por dez anos, não tem preço!

Organizo o armário seguindo uma sequência de cores que vai dos brancos, passando pelos bejes, amarelos ( claro!), laranjas, vermelhos, beringelas, azuis, verdes, cinzas e pretos.  Fica mais fácil para identificar tudo o que tenho. Vi em um programa de tv e funcionou para mim.
Tá lá dependurado, ao meio da minha sequência de cores, um cinza esverdeado esquisito que insiste em fazer mal para o meu coração. É um cheiro de mofo de uma conversa que já deveria ter acontecido, um sentimento de mágoa que insite em ficar e que eu não quero. O meu coração está aberto esperando por um sim! Espero que a naftalina ajude a reparar tanto tempo perdido.
Peguei um espanador e retirei também a tristeza, a inveja, a desilusão e o rancor e dependurei em cabides novos e perfumados, o perdão, o amor e a esperança. Perfeito.

22 comentários:

Carol disse...

Adoro seus textos.

Em nossas casas há amor e há carinho.
Tenha uma linda semana.
Beijos

Marlene Pires disse...

Oi Zi que lindo....diz tudo!!!
bjos e fique com Deus,
Marlene

Essa sou eu disse...

Perfeito!
Beijo:)
Janice

Eva disse...

Que talento, Zi, realmente fico admirando tua escrita, é linda! Perfeito! Parabéns! bjinhos, boa semana, querida.

Larissa Motta disse...

Parabéns, me emocionei sentindo a força de suas palavras, você escreve com alma de um jeito tão simples que encnta a todos.
Tenha uma ótima semana.
Bjks.

Imac by Artes disse...

Minha doce amiga!
Até com um post de organização
você nos encanta.
Como é bom saber que temos amiga
assim linda de viver.
Abraços! Uma semana abençoada pra ti.

✿ chica disse...

Essa arrumação externa e interna só faz bem! beijos,tuuuuuuuudo de bom,chica

jeito simples disse...

Olá Zi!
É assim mesmo que acontece...rsrsrs..
Minha Mãe sempre dizia pra gente preservar certas peças, porque tudo vai e vem.
O melhor de tudo é manter a cintura na mesma medida. Muito bom isso!
Bjos e ótima semana pra vc!
;)

Maria Luiza disse...

Zi, adorei seus novos cabides. Sua faxina está completa! É isso aí, menina! Parabéns!

Regina disse...

Olá Zi, tudo bem com voce?

Adorei este texto, muito verdadeiro.

Todas as pessoas deviam fazer isso
sempre, não é?

Não precisamos de tanto, só o suficiente. O melhor é o que voce
descreve nas últimas linhas.

um beijo carinhoso

Regina Célia

Carol Carneiro disse...

Ei, Zi! Bacana fazer isso, principalmente em fim de ano para entrar ano novo com boas energias, vida nova e com armário e alma limpos..srsr...Minhas roupas já são separadas por cor e cabides são padronizados, o que já ajuda na hora de encontrar roupa p/ usar.Mas é essencial retirarmos aquela q/ não usamos +, doá-las a que necessita e de repente até voltarmos a usar algumas q/ ainda cabem (Uhuuu!!!) e ficam fashion! bjs: Carol Carneiro

Regina disse...

Bom dia Zi!
Que texto mais gostoso esse seu. Essa analogia entre a organização do armário e de nossas vidas. Muito legal mesmo. Aliás como seus outros textos, simples e profundo.

Um grande abraço pra você

Margarete disse...

Oi Zi, da próxima vez que eu mexer no meu closet, vou aplicar sua teoria que serve muito bem pra mim. Somente a saia de dez anos que com certeza não fechará mais na minha cintura.
Beijo.

Líbina disse...

Oi Zi, minhas roupas também estão organizadas por cores, fica mesmo mais fácil na hora de usar.
É tempo de faxina e renovação, não vale a pena guardar certas coisas. Também fico com o perdão, o amor e a esperança, bem melhor assim!
Amei o texto.
Bjs

Adriana disse...

Fiquei encantada com o que vc escreveu!! PERFEITO, aplausos!!!

bjssssss

Miriam disse...

Será que meu minúsculo armário permite que eu separe tudo assim?! Seria perfeito!!
Obrigada por compartilhar a dica! Beijos

Maria Luiza disse...

FINAL DE ANO, TEMPO DE BALANÇO E FAXINA!
DA CASA E DA ALMA!

Gabi disse...

Vim conhecer seu blog é muito legal,cheio de coisas lindas. Bjinhus até mais
www.amoracherry.com

Lia disse...

Ai Zi ...você ainda vai lançar um livro!!!!

remall disse...

Nesse ano preciso fazer essa limpeza, deixar sair as tristezas que me acompanharam, dividir o tudo que tenho, pois ninguém nunca é tão pobre que não tenha nada para dar e nem tão rico que nem precise de nada a receber.
Quero abrir as portas e deixar entrar a alegria em meio as minhas roupas, clarear as escuras com os raios de sol que ainda estão por vir.
Não sei se vou conseguir a perfeição nessa arrumação, mas animada com a sua, sei que vou tentar e isso vai me fazer bem mais feliz.
Obrigada.

Zi disse...

Olá Remall! quero que tire o cheiro de mofo do armário e anime-se com o colorido e as luzes do ano novo!

cris*borrego disse...

Zi,


\Ü/... passadinha rápida para te desejar um Feliz e Maravilhoso Natal...

beijos*