quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

PRECISO DE OUTROS SAPATOS

Comecei com a faxina. E comecei pelas prateleiras onde ficam meus sapatos. Retirei de lá vários tipos e modelos, alguns de pouco uso, ainda bem novinhos e outros que no final das contas, ou das compras, pareceram mais comigo. As rasteirinhas que permitiam pés firmes e apoiados no chão, pediram outros solos; os de salto anabela revestidos em fibra, sentiram que é hora de reciclar; um par de tênis, que esforça em manter o ritmo da academia, pediu uma atleta de verdade e os de salto bem alto, esses pediram novos pés que realmente os adorassem. Não, não são para mim. Não sou estilo chique, sou despretenciosa e quase sempre faço opção pelo conforto. Em dias de festas, conto os minutos para a hora de distribuir os chinelinhos e nos dias que quero estar bem bonita, esforco-me nas alturas. Tarefa árdua, mas que no final, compensa.

O fato é que tristemente tive que dar adeus à minha sapatilha confortável, de cor forte que adoro, o amarelo, que me levou a vários lugares. Já era hora. Essa me acompanhou em trechos da minha caminhada, passou por caminhos tortos, linhas retas, topos de morros e declives acentuados. O cetim que a cobria, perdeu o brilho, o amarelo já virou aquele amarelinho -cor - de - quarto - de - bebê e o solado já estava com data vencida. Nem o sapateiro poderia fazer milagre. Preciso de outros sapatos. É hora de outos novos  para me levarem aonde eu for e seguir novamente nessa trilha, onde os caminhos podem estar cobertos com flores perfumadas, outras vezes parecendo um queijo suísso de tanta cratera, e por muitas vezes, confesso que quase sempre, torço para estar caminhando nas nuvens.

Prefiro estar sempre nos momentos desafiadores, com os dois pés firmes no chão e permitir essas extravagâncias de pular com um pé só só nos momentos de pura distração.


21 comentários:

cris*borrego disse...

Zi, querida,

passei aqui para retribuir sua visita e me deparo com esse lindo texto...

beijos e excelente noite...

Rô Faleiro disse...

Zi, querida, vc viu só que novidade?! presente de natal antecipado :)
Quando for a hora certa Deus vai lhe presentear tbm ;)
bjos com carinho

remall disse...

Ah! minha querida você precisa mesmo são de asas, para voar em seus sonhos e aterrisar em suas conquistas do ano novo.
Não se prenda a sapatos velhos ou novos, você é linda e especial demais para isso.

bjs e bom feriado.

Uma parte de mim disse...

Oii Zi!
Lindo texto, é o que precisamos diariamente, os pés firmes para evitar tropeços!,bjo.

Ellen Caliseo disse...

Oii Zi!!!
Que lindo texto..tem coisas na vida que são um eterno reciclar.
Trate de achar uma nova sapatilha..pq essa andança..não pode parar!! rsrsr
Bjinhos!

Imac by Artes disse...

Legal amiga!
Amei seu despreendimento.
Preciso fazer isso aqui em casa...
Chega um momento que precimos desfazer daquilo que não usamos mais.
Abraços! Um dia radiante pra ti.

Carol disse...

Eu preciso de sapatos para sair, para encontrar os poucos amigos que ainda me restam, para trabalhar, fazer compras e para me divertir. Os meus já não contam nada sobre o meu presente, acho que também preciso de sapatos novos.
Beijos

Liz disse...

Adorei esse post. Fiz uma limpeza nos sapatos por aqui também. Mas confesso que não consegui tanto desprendimento... Com sapatos novos ou antigos, a gente sempre pode andar com pés firmes no chão. É só lembrar que, às vezes, também é bom tirar os pés do chão.

Eva disse...

Zi eu adoro ler os teus textos, como vc escreve bem! Você é bela e isso reflete-se nos textos, super parabéns, fiz faxina nos sapatos e me identifiquei com teu sentimentos, vamos pular num pé só, adorei!!!bjinhos.bom dia, flor!

Zi disse...

Olá meninas! obrigada pelas mensagens calorosas! beijinhos

Regina Rozenbaum disse...

Zi amaada!
Que delícia de crônica. Sua cara ops seus pezinhos rsrs. Eu, por aqui, "ando devagar pq já tive pressa" e com isso só mesmo de pés descalços... tocando os caminhos que se apresentam, peregrinando!
Beijuuss, moça linda amada, n.a.

Sheila - Blog "Passarinhos no Telhado" disse...

Zi! Vim agradecer a visita e a oportunidade de conhecer o seu espaço! Adorei!
Grande beijo e sorrisos nos seus dias!:)

Casa com tudo dentro disse...

Oi Zi,amiga adorei seu texto sobre sapatos,aqui tbm andei fazendo uma catança mas ainda não encontrei os que eu quero pra repor aquele que se foram,alguns nos acompanha em todas as jornadas mesmo,eu amo sapatilhas,as de cores fortes minhas preferidas!Mas ainda não tive amarela,tai uma cor pra se pensar!!!
Outro dia estive na zara e me apaixonei por uma verde,mas achei muito verde e não comprei e hoje me arrependo muito por não te-la trazido pra minha casinha e agora não tem mais....e agora essas novas sandalias rasteiras lindas com pedras?Estou apaixonadas por elas,mas tbm não comprei nenhuma,quem sabe agora pro Natal,né?Salto não faz parte da minha vidinha,só em festas e olhe lá,dependendo da festa,vou logo com uma linda sapatilha,e confesso que da certo!
Eu tenho 1,77 então salto não dá fico imensa,rsrsrs!
Amei o post,beijinhos e boa noite(falei de mais)

Alê Faleiro disse...

Adorei o texto Rororo, preciso exercitar meu desapêgo e fazer minha faxina. Eu ao contrario de você adoooooro os meus saltões, mas tenho usado minhas sapatilhas, pois a idade já está pedindo mais descanso para os pés. Uma pena!!!
Beijos amiga.

Anita disse...

Zi, amei esse texto. Poxa eu estou com um probleminha chato que não estou conseguindo resolver, mesmo estando logada como Anita, não estou conseguindo seguir ninguém com esse perfil, qdo clico pra seguir... aparece a imagem do Frei, que da minha loja, desculpe, mas entenda que o Frei sou eu, tá??? kkkkk, bjs.

Lidi disse...

Ahhh, que texto lindo!!! Até para falar de sapatos vc consegue meio que transformar em poesia, né?! =)

Beijos!

http://seguindotendencias.blogspot.com

Fabiana Tardochi disse...

Que lindo texto .
Vc tem também o dom das palavras querida! E escreve com o coração, por isso é tão bom vir aqui.
Também já fiz minha faxina nos sapatos e já estou colocando novos no lugar.
Eu também prefiro " estar sempre nos momentos desafiadores, com os dois pés firmes no chão e permitir essas extravagâncias de pular com um pé só só nos momentos de pura distração". Perfeito.
Um beijo e um ótimo final de semana

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Zi

Amei seu texto! outro dia fui fazer uma geral nos meus e vou te contar, sobrou pouco. E acredita, ando sonhando com uma sapatilha amarela!!rs
também sou adepta do conforto. Tenho um sapato lindo que usei em 2 casamentos e jurei que não o usaria mais. Agora fui madrinha e qdo coloquei a roupa vi que ele era o que mais combinava e la fui sofer novamente, mas valeu a pena sofrer pra ficar mais elegante, mas só em dias assim.

bjuuu

casa de fifia disse...

zi
esse seu post parece até uma poesia!!
eu também tenho alguns sapatinhos que me acompanham da anos..que não tenho coragem de me separar..mesmo os bichinhos estando pedindo arrego !!
bom fim de semana

nieves disse...

Hola Zi, que blog más bonito... me encanta, desde luego que ya tienes una seguidora más NO QUIERO PERDERME NADA!!! Besitos desde Madrid,
Nieves.

Vitalina de Assis. disse...

Hola amiga!

Gostei muito do seu espaço, seu texto encantou-me.

Difícil abrir mão de certos "calçados", principalmente aqueles viciosos, que não se atrevem a buscar novos caminhos.

Um dia, rotos e desvalidos, enfim os largamos, e nossos pés livres para novos "calçados", se colocam na estrada.

Bjs.