domingo, 30 de outubro de 2011

AULA DE CULINÁRIA NÚMERO 5!

Entrada: Salada de legumes assados e croutons


Prato principal: Magret com purê de cogumelo porcini e gremolata



Sobremesa: Mousse de chocolate branco com maracujá



Hummm..... que delícia!

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

APRESENTAÇÕES

Existe uma outra pessoa habitando essa casinha faz tempo. É um menino maluquinho que corre de um lado a outro e brinca de Tarzan na sala de estar. Sobe pela escada vermelha, saltando um degrau sim e outro não, fazendo meu coração ter palpitações inquietantes, em um ritmo que denomino de taquicardia aguda.

É você que acorda e desce as escadas quase trupicando no cobertor do ursinho Pooh e se enrosca no meio de nós dois, perguntando insistentemente "já acodou mamãe?". E é o mesmo que fecha os olhos por um minutinho e quando penso que caiu em sono profundo, pede o leite da manhã: " já acordei!"
Vejo você também já à noitinha, deitado no sofá,  totalmente entregue ao chocolate quente, respiração profunda e olhar de ternura para mim lá na cozinha, enquanto preparo o jantar. Certificando-se que eu estou ali e amparado com esse momento só seu, retira a mamadeira por alguns segundos só para mandar um beijinho gostoso e dizer: "mamãe, eu te amo!"

Já sei que de cada dez frases, oito terão a palavra papai no final":
"Quero tomar banho com o papai!
Quero sair no carro do papai
Vou almoçar com o papai
vou jogar bola com o papai
e quero uma camisa do Galo, igual ao do papai!"

Meu filho, eu já entendi que seu pai será seu herói! É ele que vai fazer você rolar de rir com as brincadeiras que aprende com o Didi e você vai se apaixonar por ele sim! E quando ouvir o ronco do motor do carro chegando na garagem, vai olhar para mim, com toda a felicidade do mundo e um sorriso largo no rosto: "papai chegou!"

Dentre tantas coisas que ainda vou aprender nessa vida, parte delas será com você. Será a bravura em enfrentar a vida e ao mesmo tempo a leveza em tê-lo perto de mim para me dar essa coragem. É um amor, meu filho, que ainda não experimentei. Será um brinde, um presente lindo e precioso que só você poderá me oferecer. Não há outra forma de encontrar esse sentimento, essa profissão e esse desejo, o de ser mãe.

Procuro seu rosto nas fotografias, procuro sua personalidade em mim e em seu pai. Encontro um menino lindo de cabelos encaracolados e um olho amendoado cor castanho claro. Encontro a ansiedade de um menino hiperativo, mas doce como a sobremesa de domingo.

É você quem vai me fazer chorar que nem criança, que nem você. E eu já estou pressentindo que não será choro de dor de barriga, nem fome ou de manha, acho que vai ser um choro de felicidade. E também sei que em todas as vezes, em qualquer ocasião, sempre vai me dizer com todo amor que sente em seu coraçãozinho frases repetidas que não me cansarei de ouvir: "mamãe, você é linda!"
 
Esse é um pouquinho do meu filhote, que existe por enquanto, só na minha imaginação!

sábado, 22 de outubro de 2011

CHUVINHA

Aprendi a gostar da chuva à pouco tempo. Durante anos achava ruim acordar pela manhã e ter a certeza que o dia inteiro seria marcado por essas gotas vindas do céu. Hoje acho uma benção! É uma delícia ser despertada com esse barulhinho bom, água benta da natureza.

É o início das festas do fim de ano, época do REcomeço, REflexão. Época de agradecimentos e fechamento de mais um ciclo de um ano inteiro.

Chuva mansa que molha meu jardim, as plantas agradecem e eu também!

Ele tá chegando,dando boas vindas para a chuvinha e já marcou presença na casinha!



domingo, 16 de outubro de 2011

sábado, 15 de outubro de 2011

PAPO BOM DEMORADO 2


Obrigada querida Remall pelo presente! Tenho certeza que esse será o ponto de encontro dos sabiás, assanhaços, azulão, dentre tantos outros que vão participar dessa festa!
Acessem: http://letrinhascombinadas.blogspot.com/

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

CRIANCICE

Ainda sou uma menina que construo realidades e perco-me em sonhos. Adoro estar na roda - gigante, onde o cenário, mistura-se no infinito. E lá do alto, podemos ver coisas incríveis! Preciso dessa junção de cores, da percepção dos detalhes e da riqueza da simplicidade.

Faça-me parar de chorar com uma bobagem qualquer que um sorriso tímido e feliz logo se abrirá.

Na vida, pulando a amarelinha, acredito que alcançarei meus objetivos, a realização de meus sonhos, assim estarei  no céu! E volto equilibrando-me novamente, pé ante pé em busca de novos desafios sempre atenta na hora de colocar os dois pés firmes no chão.

sábado, 8 de outubro de 2011

PAPO BOM DEMORADO

Acordei cedo como de costume, mas permiti ficar na cama mais um pouquinho nessa manhã de sábado. Não demorou muito, e lá estavam eles assanhados num papo demorado na janela do meu quarto. Linguajar estranho, conversa esquisita. Acho que não sei relatar com riqueza de detalhes o que tanto falavam. Pareciam maritacas, mas na verdade eram os assanhaços, numa prosa gostosa de ouvir. E continuam lá até agora, reunidos debaixo da árvore grande. Acho que chegaram outros para esse encontro. Vou correr lá ver essa festa!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

UM MONSTRO

Adoro o blog "Diários da bicicleta"da Silvana Tavano e ela sempre tem definicões bem humoradas para palavras que fazem parte do nosso dia a dia.
Ontem ela escreveu assim:

"Urgente é um monstro enorme. Apesar de seu tamanho descomunal, ele se move com extrema rapidez, o que sempre provoca um vento inesperado e muito forte, capaz de arrastar tudo o que encontra pelo caminho. É da mesma família do Bicho-Papão, só que prefere perseguir os adultos, pois as crianças raramente dão bola pra suas ameaças. E como vive apressado, Urgente não gosta de perder tempo: por isso só inferniza quem o teme e se desespera sempre que ele aparece, mandão, dando ordens que nunca podem esperar. Quando está faminto, o monstro perturba o sono e não dá sossego enquanto a vítima não pula da cama. Mas Urgente não é um monstro noturno: gosta mesmo é de assombrar à luz do dia, devorando as horas do relógio e a energia das pessoas -- é disso que ele se alimenta pra ficar cada vez maior, mais poderoso e assustador.
Quando ele ataca, o primeiro impulso é sair correndo. Só que é justamente assim que a gente cai na sua armadilha. Daí não jeito: o Urgente nos engole, rápido e sem dó. "
 
Acessem: http://diariosdabicicleta.blogspot.com/2011/10/um-monstro.html

domingo, 2 de outubro de 2011

NORTE

Tenho carregado comigo um diário de bordo onde as memórias aparecem com um trecho de uma pequena história que muitas vezes nem vivi, ou porque as vivi há muito tempo atrás. Essa memórias me transportam para um mundo só meu, aguçando em mim minhas emoções. A minha Casinha é meu canal de comunicação com minhas histórias, com minhas memórias e com outras mais que simplesmente inventei. Sou feliz no meu lar, com meu amor, com meus amigos e com um pedacinho da minha família. É o meu presente,o mais lindo que recebi nos último tempos. Agradeço por isso. E de histórias somos feitos.

A vida é feita de encontros. E são nesses encontros com pessoas conhecidas e desconhecidas, que a  história da vida da gente vai sendo escrita. Gente que vem e depois vai embora, outras que chegam de mansinho e ficam para sempre. E outras mais que a gente queria que ficasse mais um pouco. Fiz planos com uma pessoa assim e que um dia simplesmente o destinos resolveu levá-lo para sempre. Nem deu tempo de falar dos meus planos. Ficou só uma parte. Meus planos continuam firme e inteiros, apesar de só existir uma metade desse casal.
As oportuinidades de viver o hoje, só acontecem nesse instante e são muitas vezes definidoras do nosso futuro. São as nossas escolhas. Certas ou erradas, somos nós que traçamos nossos caminhos.

Escolhi viver com o Danilo há quase nove anos atrás. Escolha certa, feliz e verdadeira.
Escolha de uma vida inteira e para sempre.
Sou beneficiada com a palavra amor.
Escolhi ter com ele uma vida a dois e em um futuro muito próximo, quero mais gente nessa história. Quero uma outra pessoa pequenininha me ensinando outra maneira de amar.
E foi o Danilo que me presenteou com essa bússula. Colocou no meu chaveiro para que eu não perca meu NORTE. É a maneira dele de me amar. Ele sabe cuidar de mim.
Saiba meu amor, é para lá que eu vou com você!