sábado, 12 de maio de 2012

MILÃO


Viagem longa, nada de dormir. Apenas duas sonequinhas muito curtas, com pouco mais de 01 hora de duração cada. Chegamos dia 17 de abril de 2012, Terça-feira, em um dia de frio. Frio gostoso, conforme o esperado.

Segunda parada, Roma. A primeira foi em São Paulo e uma correria danada! Astrid procurei por você em Guarulhos, torcia por uma entrevista! Tinha tanta coisa para te falar... mas não se desespere! Ainda tenho muito assunto! Minha vida também é cheia de chegadas e partidas.
Não, ela não estava lá! Quem sabe na volta?

 Em solo italiano, vi entrar na aeronave muitos italianos executivos, terno com corte preciso. A elegância se fez presente. Estariam eles indo a negócios em Milão? Sim, Milão é uma metrópole igual São Paulo. Lugar de também fazer negócios. 

Pouco tempo de voo e enfim desembarcamos em Milão. Que bom! Agora é só pegar a mala e ir direto para o hotel de 01 estrela! Turista viajando de classe executiva sofre!

Mas cadê a mala? Vi todas passarem vi de novo, repetido a mesma volta. Cadê a minha? Não, ela não chegou com as demais. Demorei em acreditar que efetivamente algo muito trágico estava acontecendo. Com um frio na barriga, me dirigi para o atendimento especial. Nem precisei falar muito, afinal, as atendentes estavam ali era para isso mesmo. Fui informada que a mala tinha ficado em Roma e que chegaria à noite no hotel. O problema é que eu acreditei!  Claro que ela não chegou à noite e nem no dia seguinte. E muito menos na outra manhã. Nem na outra noite. Só chegou mesmo dois dias depois. Mas chegou! Procurei não estressar, minha amiga de viagem, Camila me emprestou tudo o que foi possível e aproveitei os primeiros dias e de fato em alguns momentos, até me esquecia do ocorrido. É claro que a expectativa da chegada da mala causa certa ansiedade. Pensei nas roupas que ainda nem tinha usado e na blusa preferida bem verão que insisti em trazer desnecessariamente. Lembrei-me da bijoux linda que ainda não experimentei com a saia de couro marrom. Imaginei em pensamentos sombrios que poderia ficar sem essas coisas de mulher. As preferidas. Em uma viagem levamos o que mais gostamos na expectativa de viver glamurosa no pais desconhecido. Somos assim, femininas e descontroladas.

Confesso que a duas coisas boas de ficar sem a mala por dos dias inteiros foram: não ter que carregar a mala ao descer da estação de metrô e comprar roupas novas com o dinheiro do seguro. Só isso. O resto é só desespero.

Já conhecia o Hotel Gambara e claro, já sabia que era 01 estrela. A tarifa, 160 euros por dia!!! Essa semana de design é mais cara que a semana de moda. Todos, o mundo inteiro está em Milão! A Rho Fieira parece uma Torre de Babel: muitas línguas, muita gente, o mundo está aqui. Nos poucos minutos de descanso, sim a Feira é coisa de gente doida, gostava de ouvir a sonoridade de várias línguas. E confesso que o mais gostoso era ouvir o bambinos falando dentro do metrô. Fala cantada, um pouco dramática e muito gostoso de ouvir.

Na manhã seguinte o telefone do quarto tocou com a boa nova: ela chegou! Dia feliz! Estava tudo ali, direitinho, o jeito que veio do Brasil. Pude trocar de sapato, aliás, haja perna para andar nessa feira! Haja canela, haja disposição física e mental.  Nessa hora até pensei em ter um medidor de passos. Acho que corri a São Silvestre, duzentas e setenta e nove vezes!

Muita informação, muita novidade, a cidade respirava design. Os eventos externos na Brera, via Tortona e Lambrate deram um show a parte. Outro tipo de multidão nas ruas e maneiras diferentes de mostrar o que há de bom no design. Muitas maneiras diferentes de ambientar a casa, o lar. Muitos objetos. Muita exposição, muito design. Lembrei-me da minha Casinha e percebi que mesmo no meio de tanta novidade, não há lugar melhor que a casa da gente.

O último dia foi de folga! Afinal, 04 dias intensos andando, andando, observando, memorizando na memória fotográfica e da Sony (!) não é tarefa fácil. Meus neurônios pediram uma trégua. Na manhã seguinte fomos ao Lago Como de trem e dessa vez de primeira classe. Merecido. Lugar lindo, encantador, com aquelas ruas estreitas que nos levam a um encantamento desconhecido. Almoçamos, aproveitamos as lojistas e os sorvetes. Na Itália essa iguaria é divina, cremosa e deliciosa! Mesmo no frio, não poupamos nosso paladar. Aliás, ele nos agradeceu!

Todos os dias, comida farta, todos os dias, ao menos uma taça de vinho. No primeiro dia, na Brera, chocolate quente e panino com cruto e grana. Divino! E em todas as manhãs, o café do Romeo na esquina perto do hotel. Todos os dias, diversão garantida brindada com Café Machiatto.  Incrivelmente o melhor lugar que jantamos foi perto do hotel. Temos uma tendência em desvalorizar tudo o que está perto. Sempre acreditamos que lá na frente vai ter um restaurante melhor. Ao abrir a porta, deparamos umas mesas meio borocochô, mas logo avistei no mezanino mesas com toalhas xadrezas.  Não teve erro: descortinou-se um lugar tipicamente italiano, com música italiana, gente italiana, animada e festiva. Uma verdadeira cantina. A garçonete que merece um capítulo especial tomou conta da animação. Conhecemos um casal de brasileiros nessa noite que falava italiano e foi nosso intérprete na escolha dos pratos. Aliás, foi o Paulo que escolheu o vinho da noite. Diversão garantida!  Toalhas xadrezinhas, obrigada!

Dobramos a esquina e voltamos para casa, quer dizer, para o hotel, morrendo de rir!













15 comentários:

Carol disse...

Chiquérrima, Zi!!!
Você estava impecavelmente linda nessa viagem (amo roupas de inverno). Amei as cadeiras estofadas (não sei nome de peças de design) e achei sua história bem engraçada. A mesa comprida amarela também me lembrou alguém, quem será?

Vai passar o dia das mães com a sua mãe? Deseje um feliz dia para ela por mim e quem sabe no ano que vem venho te desejar um dia das mães maravilhoso com direito a presente especial, talvez até a foto de seu bebê ainda no ventre?
Um super final de semana.
Beijos

Maria Célia disse...

Ei Zi
Menina, como você escreve bem, seu texto de aventuras by Milão ficou ótimo.
Só pra te chatear teve o lance da mala, ainda bem que você a recebeu sã e salva.
Adorei as fotos, tudo muito bonito, chique, bacana.
Beijo e obm dia.

REINVENTANDO disse...

Vera, viajei com você só na sua postagem!! Fez me sentir como seu eu estivesse aí com você!! Continua madando notícias e contando as novidades!! Já estou te seguindo para saber de tudo!! Aproveita bem a viagem. Abraços. Sandra

Mona Gouvea disse...

Voce merece linda,,,aproveite bastante,bjo.

Zuleide Felisberto disse...

Muito bom viajar né? (chegas-te lá no dia meu aniversario!!) e p/ Roma deve ser melhor ainda!! fora lance da mala, pelas imagens foi tudo bem proveitoso!! adorei fotos !!bj

Zi disse...

Ei Carol! Amei sua mensagem! Quero muito estar grávida no próximo ano e ser uma mãe dedicada como você! Beijos!

Nina disse...

Zi vc chegou!!
Menina, que aventura com essa mala, nossa, eu teria pirado, sempre que a mala demora um pouco mais do que o aceitável a aparecer na esteira, ja fico tendo um troco :-)

Que chique vc tá nessa foto. Lindona. E olha os aspargos verdes! fiz outro dia aqui pra familia. Hmmmmm

Milao nao é minha grande paixao, mas gosto de andar naqueles metros antigos que eles tem na cidade :-)

Zi, conta tudo viu? tudo aqui pra gente, que eu adoooooooro te ler, Vc é uma escritora doce e sensível disfarcada de design :-)

Eva Sabbado disse...

Zi eu amo seus textos, vc consegue nos embarcar na viagem e aproveitar o que vc aproveitou, amei a sua foto, noossa, chiquérrima. Obrigada por compartilhar, ainda bem que deu tudo certo, mala chegar atrasada está se tornando até normal, hehe, mas na Europa eles entregam faltando nada dentro, já aqui, não é bem assim, infelizmente, tomara que isso mude um dia...bjinhos, boa semana!

Mariana Penna disse...

Zi, que delícia de viagem. Morro de vontade de conhecer Veneza e Paris.
Obrigada pelo carinho.


Bjus e boa semana!!

Uma parte de mim disse...

Menina viajei literalmente em suas palavras e vivenciei na memória o que te ocorreu.Tão bom ler texto bem escritos rsrsrs, o legal de viajar são os imprevistos que acontecem sem eles seria tudo tão morgadinho, adoro um friozinho na barriga e um "hã", não estou entendendo nadica de nada!,bjo.

Lia disse...

Gente chic é outra coisa ... ai se inveja matasse ... fitinha vermelha no post!!!

Universo de um Closet disse...

Que luxo de viagem, estava linda... http://universodeumcloset.blogspot.com
@JiseleCordeiro

Ellen Caliseo disse...

Ahh..que delicia viajei junto com suas palavrinhas, sempre tão delicada em seus posts ..tudo perfeito!
Uma linda semana!
Bjs!

Casa com tudo dentro disse...

Oi Zi,amiga tirando os contra tempos sua viagem me parece ter sido maravilhosa,amei as fotos,um luxo,beijinhos e boa quarta feira!

Aniele Pádua disse...

Oi Zi! Faz um tempinho que não passava por aqui! Que linda viagem! Ahh Milão! Tudo de bom!!!
E que fotos maravilhosas!!!
Adorei os cliques com muito design!!
Bjos,
Ani

www.aninteriores.blogspot.com