terça-feira, 22 de julho de 2014

Bem leve leve, releve




Das coisas que mais me fazem mais feliz é o jeito divertido e leve dele em levar a vida. Das coisas que me fazer mais preocupar é o jeito leve demais em levar a vida.

Mas a fórmula está dando certo.

Ser feliz é quando o relógio desperta às 6 e alguma coisa a mais da manhã e nesses dias de inverno, teimo em me enrolar mais ainda no cobertor e fingir que nada aconteceu. Mas se na noite anterior, anuncio" amanhã quero aquela força para ir para a academia", ele levanta sem reclamar e nem espera pela famosa "soneca" programada para os próximos dez minutos. Ser feliz é saber que ao levantar o café vai estar pronto e o sorriso e o excelente humor vão estar me esperando na mesa lateral da sala de estar. Com café quente, esse que desaprendi a fazer, de propósito. (Que isso fique bem claro). E devidamente postas à mesa, vão estar as mesmas coisas: torrada integral, creme de ricota light e uma bela fatia de mamão com aveia. Todo dia a mesma coisa e com esse sorriso me esperando, nem dá para enjoar!

Ser feliz mesmo, agora de verdade, é saber que vou comer pão francês com manteiga e bolo de iogurte do Verdemar no próximo sábado.  Fim de semana, pode! Sou uma ótima cozinheira, mas uma péssima confeiteira, confesso que nem batedeira eu tenho na minha fun kitchen.

Ser feliz é chegar em casa (#amominhacaZInha!) após um dia de trabalho (#amomeutrabalho!) e ser servida com com uma Stellinha! Como recusar? Tchau spinning! Beijo, me liga!
É sempre assim, começo o dia bem e termino desse jeito.

Meu pai também era assim, fazia da rotina, dias mágicos. Que bom que a vida dá volta e  às vezes tem reprise das coisas boas. Coincidências que fazem toda a diferença.

11 comentários:

Carol disse...

Por isso não emagreço, quero comer bolo e todas as gostosuras todos os dias kkk.
Tudo de lindo.
Beijos

Tay disse...

Pois é, precisamos encontrar nas pequenas coisas motivos para nos alegrar. Afinal, a felicidade está nesses pequenos detalhes que colorem nosso dia a dia. Bjs!

Maria Célia disse...

Ai, Zi, como você escreve bonito, transforma sua rotina em poesia.
Adoro estes pequenos detalhes corriqueiros, aí reside toda a felicidade, na minha opinião.
Beijo

DMulheres disse...

OI,Zi

Seus dias ficam melhores quando levados assim, né? Adorei a stellinha me eserando!! rsrsrs
Que você tenha dias repletos e eternos assim!

Bjos,
Sheyla.

A Casa Madeira disse...

Olá adorei as palavras.
A vida é simples e boa o ser humano é que complica demais.
A rotina é algo que todos precisamos de alguma forma. O ruím é quando se torna um tormento para alma. Daí há de se rever os passos da vida.
Adorei conhecer.
janicce

Zi Faleiro disse...

Olá Janice! Adorei sua visita, volte sempre!

Agda Cardoso disse...

Adorando o retorno!!!! Beijos

Zi Faleiro disse...

Olá Agda! Seja muito bem-vinda novamente! Beijocas

remall disse...

E esse sorriso no rosto que nos espera e nos alegra.
Esse dia a dia que nos faz continuar e a cada dia amar e amar mais..
amar quem nos prepara o café, amar
quem nos faz feliz, amar aquele ser lindo que escolhemos ( e deixamos achar que fomos as escolhidas), amar, amar, amar tudo e um pouco mais.
Beijos

Angela Bergamaschi disse...

Toda rotina tem sua beleza, como diz na propaganda da natura..adoro essas coisas rotineira que nos fazem feliz..que me faz feliz .
bjos

Zi Faleiro disse...

Fazer nosso dia a dia mais feliz, é o desafio de todos os dias! Obrigada pela visita Angela! Beijos!